Quando as pessoas vão embora

31 de janeiro de 2018


"Mas você não precisa me cortar, fingir como se nunca tivesse acontecido e que não éramos nada. E eu nem preciso do seu amor, mas você me trata como um estranho e isso é tão duro."


As vezes eu fico pensando sobre o fato de me basear muito nas pessoas. De se importar tanto com as pessoas a ponto de colocá-las na minha frente. Ou então quando eu me apego tanto a elas, que se elas se ausentam um minuto na minha vida eu entro em desespero. 

Até hoje eu sinto falta daquelas pessoas que já se foram. Não estou falando que elas morreram ou algo do tipo, mas sim quando elas decidiram seguir o rumo delas, sem que eu esteja incluída nele. Isso ainda é duro pra mim. Isso ainda dói de um jeito que eu não consigo descrever, e mesmo que a vida seja um  ciclo, no qual entra e sai pessoas o tempo inteiro, nenhuma delas consegue substituir o lugar de uma amizade antiga, consegue completar aquele vazio que alguém um dia me deixou.

Eu queria não ser assim. Eu queria conseguir manter esse tempo comigo mesma, e saber que eu estou bem, estou bem por inteira. E por mais que eu esteja sozinha na multidão e repita para mim mesma mil vezes que está tudo bem, eu sei que não está, eu sei que falta alguma coisa aqui. 

Se alguém me perguntasse o que eu gostaria de mudar em mim mesma, eu imploraria, para tirar esse vazio de dentro de mim. As pessoas sempre entram na minha vida sem bater na porta, e saem sem avisar. Elas nunca deixam um recado de “Hey, semana que vem eu vou embora”, para pelo menos me preparar. Com o tempo isso foi se tornando um trauma, e a cada pessoa que entra na minha vida eu tenho medo de vê-la indo embora, porque eu crio um sentimento muito grande por cada um e ainda não consigo lidar com isso.

As feridas podem curar, mas elas sempre deixam cicatrizes. Assim como eu carrego comigo as lembranças de pessoas, e o medo incondicional de todo esse ciclo começar novamente, porque eu já conheço o final dessa história.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Brenda Caroline - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Brenda Caroline.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo