Os desafios na sociedade em aceitar o nu artístico

3 de dezembro de 2017

Em setembro deste ano, houve uma performasse nua no Museu de Arte Moderna na Zona Sul de São Paulo, causando uma forte polêmica no país quando foi ao ar um vídeo de uma criança tocando no pé do homem que estava exposto. O fato acontecido pode ser usado como um bom exemplo para mostrar os desafios na sociedade em aceitar a arte nua, que está diretamente ligado aos tabus quanto a nudez imposta pelo corpo social.  

Resultado de imagem para Vênus de Willendorf
(Imagem/ Reprodução. Todos os direitos reservados) 

O nu artístico existe desde a pré história, e com o passar dos tempos muitos artistas começaram a usar a nudez em suas obras, seja em quadros ou esculturas, um bom exemplo disso foi a escultura Vênus de Willendorf que por incrível que pareça foi uma obra que teve grande importância nos padrões de beleza no Período Paleolítico, o que é hoje o oposto dos padrões dessa era. Mas apesar da escultura ter sido usada para definir os padrões daquela época, o nu artístico nem sempre é  feito para definir um tipo de padrão, muito pelo contrário, muitas vezes para quebrar essa construção de estética feita pela sociedade.

Outro fato que podemos destacar é que existe uma enorme diferença da arte de nudez para o erotismo. Podem existir obras que possa ter um tipo de sensualidade, mas elas não são voltadas para o lado sexual de quem está vendo, afinal a arte existe como uma forma de expressão, seja um artista impondo algo social ou algo sentimental. 

Resultado de imagem para leonardo da vinci o homem
(Imagem/ Reprodução. Todos os direitos reservados) 

O desenho feito por Leonardo Da Vinci durante o período renascentista, "O Homem de Vitrúvio" é também uma outra obra de nudez muito conhecida, que representa a beleza, a perfeição da proporção do homem, harmonia e o ideal clássico do equilíbrio. Está obra foi criada inspirada em um conceito do arquiteto Marcos Vitrúvio , autor dos Dez Livros sobre a Arquitetura. Além disso, por ser uma ilustração feita no período renascentista no qual a Europa estava passando por uma transição do teocentrismo para o antropocentrismo a obra está diretamente ligada a isso, ao homem no centro. 

Resultado de imagem para poder da igreja catolica na idade media
(Imagem/ Reprodução. Todos os direitos reservados) 

Mas afinal, já que o nu é algo popular há anos e é utilizado em diversas obras pelo mundo o inteiro, por que ainda existe tabus sobre isso? Como se iniciou as censuras e por que muitas pessoas ainda consideram isso um "absurdo"? Basicamente o cristianismo é responsável por isso, especificamente a igreja católica. Como ela sempre teve um grande poder no mundo, inclusive durante a idade média declarou que o nu é um objeto censurado devido a religião, exceto se for alguma obra voltada para a igreja, como algum desenho de Adão e Eva, que era justificado como algo sagrado. Em 2015, tinha aproximadamente  1,285 bilhões  de católicos, sendo que esse número está crescendo cada vez mais, ou seja, o cristianismo tem o poder de influenciar todas essas pessoas a seguirem os dogmas da igreja, por isso o nu artístico ainda é um tabu.

Corpo é apenas corpo. Braços são apenas braços com suas funções especificas definidas. Mãos são apenas mãos. E peitos, bundas, vaginas ou pênis, são apenas peitos, bundas, vaginas, pênis, com suas funções definidas. Por que censurar algo tão real e natural própria da natureza do homem? Corpo é uma matéria incrivelmente linda, que deveria ser admirada em vez de ser enxergada como algo totalmente errado por dogmas criado por homens. A beleza do corpo humano, as formas, as curvas, são lindas, independente da cor, do tamanho, ou da textura de cada um. 


Esse ano eu tive a oportunidade de poder conhecer o nu artístico, de poder viver isso. Durante um tempo eu venho fazendo ensaios nus, e só fazendo para saber a liberdade e o quão simples isso é. Eu queria convidar vocês para andarem em casa nu, e seguirem alguns trabalhos artísticos sobre isso, para finalmente poderem apreciar a beleza do corpo humano tanto quanto eu. 



Um comentário:

  1. A moralidade, sobretudo a moralidade fruto da cultura cristã - hoje especificamente a cristã pentecostal - atribui o corpo apenas a fins sexuais. Dessa forma cria-se uma concepção limitada sobre o tema impossibilitando sua discussão. Tal fato gera uma neurose coletiva criando margens para problemas sexuais de ordem muito maior que apenas a exposição artística. Parabéns por trazer essa discussão para teu blog.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Brenda Caroline - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Brenda Caroline.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo