Legalização do Aborto!

12 de setembro de 2016



Para quem acompanha o blog sabe que apesar de que esse espaço é aberto para todos os temas e opiniões, um dos assuntos que eu mais abordo é sobre comportamento, principalmente por isso, porque dentro desse tema eu consigo falar sobre assuntos no qual é muito importante ser debatido, sendo eles problemas em que as pessoas tenham dúvidas e passam dificuldades, até mesmo artigos que devem ser conhecidos.

O assunto em que eu escolhi falar hoje, é algo polêmico, no caso aborto, no qual acredito que seja necessário desenvolver aqui para que todos possam compreender e criar suas opiniões e pontos de vista. Lembrando que tudo que eu escrevo sempre tem uma pesquisa desenvolvida antes de qualquer postagem, é claro que tem meu ponto de vista, afinal o blog se chama Brenda, mas a ideia não é que concordem ou sigam o que eu disser e sim criem suas próprias perspectiva.

(Antes de apresentar o tema, quero já avisar que já têm algumas postagens que envolve esse tema aqui no blog, para caso tenham curiosidade de ler, todas estão posicionadas na aba de comportamento que se encontra na barra lateral, nos marcadores e na barra principal de menu próximo ao cabeçalho.)

Nos últimos dias esse assunto começou a aparecer nas conversas do meu dia a dia e por ser um assunto bem delicado, me senti incomodada por muitas pessoas não respeitarem minha opinião sobre isso, então eu resolvi desenvolver um post bem aberto com alguns motivos que me fazem concordar com a legalização do aborto e explicar sobre tal questão.

Há um ano, participei de uma manifestação feminista que ocorreu em Belo Horizonte (Post sobre a manifestação!) , confesso que quando resolvi participar não sabia exatamente qual o principal foco da manifestação e esse foi um dos motivos para me fazer querer ir, além da vontade de fazer minha parte como mulher lutando pelos direitos que eu mereço ter. Nessa manifestação, percebi que o principal foco dela era a legalização do aborto, mas ainda não havia criado minha opinião sobre o assunto e ela me ajudou a conhecer mais esse lado.


Primeiramente, as mulheres brasileiras que têm uma gravidez inesperada e indesejada, muitas delas tentam abortar de forma clandestina, sendo que grande parte morrem ou geram sequelas que podem atrapalhar o sistema de reprodução. Se o aborto fosse legalizado isso não aconteceria, pois seria feito de forma mais segura. 

"Art. 124. Provocar aborto em si mesma ou consentir que outrem lho provoque:
Pena – detenção, de 1 (um a 3 (três) anos.
[...]125. Provocar aborto, sem consentimento da gestante:
Pena – reclusão, de 3 (três) a 10 (dez) anos.
Art. 126. Provocar aborto com consentimento da gestante:
Pena – reclusão, de 1 (um) a 4(quatro) anos.
[...]Art. 127. As penas cominadas nos dois artigos anteriores são aumentadas de um terço, se, em conseqüência do aborto ou dos meios empregados para provocá-lo, a gestante sofre lesão corporal de natureza grave; e são duplicadas, se, por qualquer dessas causas, lhe sobrevém à morte”

Em segundo lugar, ser punida por fazer algo no seu próprio corpo é algo intolerante. Sabe aquela velha história de que as mulheres já conquistaram espaço, já são consideradas livres, isso tudo é uma prova de que essa ideia está bem longe de sermos totalmente "livres", pois a partir do momento em que á uma lei que ainda "manda" no corpo feminino isso só mostra que ainda somos manipuladas pela sociedade.  

Muitas pessoas confundem que a legalização vai ser uma forma de incentivar o aborto, mas na verdade é uma forma de acabar com a manipulação contra a mulher, o alto índice de mulheres que sofrem e morrem com isso, entre outras diversas questões tais como:
  • Nenhuma pessoa deveria ser obrigada a fazer algo contra a vontade;
  • O métodos anticoncepcionais não são 100% seguros;
  • Muitas mulheres que tem gravidez indesejada, não possuem condições financeiras para criar uma criança;
  • Alto índice de gravidez precoce, tendo consequências futuras.
Os motivos que citei é só alguns deles á ainda outras diversas razões para legalizar. É muito importante que enxergam isso como uma questão de saúde que as mulheres deviam ter direito, afinal vivemos em uma falsa democracia em que isso também deveria ser levado mais em questão.

"A ditadura perfeita terá as aparências de uma democracia, uma prisão sem muros na qual os prisioneiros não sonharão sequer com a fuga. Um sistema de escravatura, os escravos terão amor a sua escravidão." 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Brenda Caroline - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Brenda Caroline.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo