Quem somos nós?

22 de abril de 2016

Eu sempre fui de respeitar muito as pessoas, independente de quem são ou do que fazem, enquanto muitas pessoas fazem ao contrário ou apontam defeitos pela sua escolha de vida. E ontem eu vi que as vezes achamos que sabemos muito ou que temos olhos críticos para a vida, mas vi que sabemos muito pouco, chegamos nem perto da realidade mesmo imaginando ou ela estando na frente dos nossos olhos.

Vejo muito dos meus amigos e parentes  falando sobre a raiva que tem pelos policiais, eu nunca palpitei sobre isso, mas ontem estava andando na rua e um policial me pediu educadamente para ser revistada por outras policiais, entendi e fui fazer o que ele me pediu, mas de repente me deparo com outro chegando na minha frente e me mandando calar a boca e me tratar grosseiramente, e então comecei a interrogar as coisas e mudar totalmente meu modo de pensar.

O que me deixa a duvida é pra quem denunciar quando a pessoa que praticou algo de ruim com você na história é o próprio policial? E porque existe uma lei no qual somos punidos a desacato a autoridade e não achei nenhuma quando eles nos desacatam? Sabemos que muitos de nós não respeitam eles o que acabam dando eles escolhas de tratar de outras maneiras, mas a questão é que um dia as coisas vão chegar a tal ponto de eu for na padaria comprar um pão e algum policial querer me revistar agressivamente.

Por que os policias são tratado como autoridades e posto como superiores as demais pessoas? Todos nós temos tamanha importância, não importa qual areá atuamos. Médicos salvam vidas todos os dias, jornalistas dão as notícias do mundo nas nossas casas, professores oferecem a educação, lixeira contribui com a limpeza da nossa sociedade e ambos não são tratados com tantas importâncias, como se realmente não fizessem total diferença para a construção da nossa sociedade.

Não estou aqui para dizer que nossas "autoridades" não podem ter essa importância ou que são ruins, não vim generalizar, a questão é que não acho justo sermos tratados como qualquer pessoa, não merecemos que alguém chegue nos tratando de forma grossa e temos que ficar calados para não sermos punidos. Eu achava que só estava sofrendo por algumas desigualdades, como meu sexo, escolha sexual, status e raça, mas as coisas estão a um ponto de até o que pensarmos que fosse simples tem uma desigualdade social.

Eu queria convidar todos a olhar as coisas a nossa volta grosseiramente, pense naquele morador de rua que é punido por está nessa situação, enquanto as pessoas não os dão oportunidades por aparência e condição, pense naquela moça que sempre quis ser jogadora de futebol e não conseguiu por não aceitarem pelo seu sexo, naquele casal de jovens que buscavam adotar um filho ou casar, mas adivinha só, não aceitaram por sua escolha sexual, no homem negro que não conseguiu uma bolsa em uma universidade feitas por brancos, ou até mesmo uma moça branca que recebeu ofensa por um negro e não fizeram nada porque as pessoas disseram que ela não tinha história como os negros, no homem que foi menosprezado por ser lixeiro, ou até mesmo o policial que foi desrespeitado. Quem somos nós? 
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Brenda Caroline - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Brenda Caroline.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo