O que aconteceu com a gente?

19 de junho de 2017



A gente só falar de amor. Sendo mais especifica, estou dizendo daquele amor entre casais, aquele cara que nos deu um pé na bunda, ou que a gente se relacionou e não deu certo, aquela dor insuportável que ele me causou e parece não ter fim. A gente só fala de amor. Amor entre casais. Mas dessa vez é diferente, sente-se, pegue uma xícara de café, se enrole no edredom, se aconchegue, clica no play e me escute...Eu quero falar de amor entre amigos. 

Eu pensei que existia algo de errado comigo. Eu realmente pensei que eu não sou uma garota digna de ter boas amizades, porque parece que, todas aquelas pessoas que eu quero levar para minha vida simplesmente desaparecem, desaparecem quando você mais precisa delas, quando mais você quer ter elas na sua vida. 

Será que o problema é meu? Será que eu fiz algo de errado? Será que não estou sendo uma boa amiga? As pessoas entram na nossa vida e sai tão rápido, sem avisar, que faz com que a gente fique com desespero, fica com medo, medo de perde-las. Medo de conhecer alguém novo e esse alguém for embora. Medo de vacilar. Medo de curvar naquela linha reta, medo de estragar tudo. E mesmo tentando, se esforçando para que os laços não se separem, e que não se torne uma boa lembrança, eles se vão, e você não pode fazer mais nada a não ser aceitar.

Eu amo os meus amigos. Amigos que não diriam o mesmo sobre mim, mas eu os amo, e odeio amá-los. Odeio tanto porque os coloco na frente de tudo, me entrego, me preocupo e me desabo quando estão ausentes.  Doí tanto olhar pra vocês e lembrar que um dia fomos tão próximos, um dia dividimos os nossos maiores segredos, e agora, vocês não estão mais aqui, parece desconhecidos, parece que nunca os conheci. 

As vezes a gente dá uma importância muito grande por pessoas que parecem não fazer o mesmo por nós. Talvez, porque esperamos que eles carreguem uma carga por nós, que talvez, não dão conta de carregar. Não os culpo por isso. É só um péssimo hábito de achar que as pessoas deveriam fazer o que fazemos por elas. 

Enfim, aqui estou eu escrevendo sobre algo que não queria escrever,  queria que esse fosse um texto fofo falando o quanto nossa amizade cresceu e estamos juntos nessa caminhada. Queridos idiotas, eu odeio imensamente vocês por amar tanto e sentir tanto as suas faltas Eu sinto muito por não ter uma continuidade feliz como imaginei que teria, mas sinto mais, por vocês não terem mais uma amiga tão boa como seria. 

Como aumentar a produtividade

13 de junho de 2017

Produtividade é algo muito complicado para algumas pessoas, enquanto para outros já se tornou um hábito. Aliás, ser produtivo facilita sua vida tanto pessoal, quanto profissional de uma forma muito grande, e não importa o quanto você seja produtivo e se esforce, sempre vai ter jeito de melhorar nesse ramo. Mas a questão é, como aumentar a produtividade? A ideia é que você acabe com a procrastinação, e faça com que a produção e  também a organização, que está diretamente ligado em ser produtivo, se torne um hábito. Então hoje eu trouxe algumas dicas que vai te ajudar a se tornar uma pessoa produtiva. (Clique na imagem para visualizar melhor)


E então o que vocês acharam, eu fiz essa imagem com muito carinho para vocês, pensando já que vocês poderiam baixar e ter no seu celular para sempre poder olhar e que assim você conseguia produzir mais. Agora me conte se você é produtivo ou não e o que você faz para reverter isso?

Arte: Renascimento

8 de junho de 2017

(Imagem:Reprodução)

Nos últimos dias, passei a estudar ainda mais sobre alguns conteúdos do Enem, e dentre as matérias do ensino médio, passei a me interessar cada vez mais por história, literatura e arte. Como eu adoro dividir as coisas com vocês e como falar de arte por aqui já não é mais uma novidade, resolvi criar alguns conteúdos no qual vou explicar para vocês um pouco sobre alguns movimentos artísticos, história da arte, para que assim vocês possam aprender um pouco mais da parte teórica da arte. E hoje, eu vou falar um pouco do Renascimento, o que foi, e seus principais autores e características.  

Renascimento foi um período cultural no século XIV, XV e XVI, ele ocorreu na Europa, principalmente na Itália, e houve uma transição entre a idade média para a ideia moderna. Durante a idade média, a igreja tinha um grande poder nesse período no qual pregava o teocentrismo, Deus no centro, e as pessoas que não seguiam os dogmas religiosos eram punidos. Então o período renascentista, foi justamente um período de renascimento, no qual passou a ser antropocentrismo, homem no centro. Apesar desse novo conceito do homem no centro, as pessoas não pararam de acreditar em Deus,  tanto é que foi desenvolvido o movimento intelectual humanista, que passava a ter um maior conhecimento sobre o homem, que é considerado a maior obra de Deus.

Resultado de imagem para renascimento
(Imagem:Reprodução)

Outro fator que aconteceu nesse período renascentista foi que a idade média era baseada em um sistema feudal e então houve a transição do sistema feudal para o sistema capitalista, ou seja, o capitalismo em pleno desenvolvimento enquanto o feudalismo em decadência, e foi justamente por esse motivo que houve recursos para o financiamento de grandes obras renascentistas. 

Além dessas características do antropocentrismo, humanismo, e o desenvolvimento capitalista, destacamos que a grande inspiração desse período foi a cultura clássica que era greco romana, o individualismo, já que os principais autores desse período buscavam deixar a sua singularidade em suas obras e também o naturalismo, racionalismo e hedonismo.

Resultado de imagem para a criação de adao
(Imagem:Reprodução)

Os principais artistas desse período foi o Leonardo da Vinci, Rafael Sanzio, Donatello, Sandro Boticcelli e principalmente o querido Michelangelo Buonarrotti, que pintou um quadro que eu adoro que foi "A criação de Adão", no qual ele deixa algumas enigmas nesse quadro, já que ele mostra homem em contato com Deus, porém Deus dentro de um cérebro, ou seja, pode ter vários significados como, homem em contato com ele mesmo, ou, que Deus possa ser só algo da sua mente. 

Já na literatura que foi denominada por classicismo, que vem o nome daquela inspiração greco romana da cultura clássica, mas com com o mesmo intuito das demais artes. Seus os principais autores foi, Luís de CamõesMichel de Montaigne , Nicolau MaquiavelWillian Shakespeare entre outros.

E então o que vocês acharam desse post? Me conte nos comentários!


Resenha: Dom Casmurro

30 de maio de 2017


Título: Dom Casmurro
Autor: Machado de Assis (Adaptação: Roteirista: Felipe Greco Ilustrador: Mario Cau)
Editora: Devir
Sinopse:"Publicado pela primeira vez em 1899, "Dom Casmurro" é uma das grandes obras de Machado de Assis e confirma o olhar certeiro e crítico que o autor estendia sobre toda a sociedade brasileira. Também a temática do ciúme, abordada com brilhantismo nesse livro, provoca polêmicas em torno do caráter de uma das principais personagens femininas da literatura brasileira: Capitu." (Fonte: Guia do Estudante)






Ah, dia dos namorados chegando, muito amor pelo o ar, e nada melhor do que ler histórias lindas para essa fase cheia de doçuras do ano. E dessa vez, hoje eu vou mostrar um livro maravilhoso escrito pelo nosso querido Machado de Assis, quem não conhece? Um autor extremamente importante durante o período do realismo, que além de ter sido cronista, poeta, jornalista, crítico literário, também foi é claro, um ótimo autor romantista. E falando em histórias desse gênero, um dos livros que ele escreveu foi o Dom Casmurro, que tive a oportunidade e o prazer de ler, porém de uma forma mais atual, ou seja, em uma versão adaptada em quadrinhos.


Dos Casmurro, é narrada pelo querido Bentinho, que era um ex seminarista, que viva com sua mãe D.Glória, seu tio Cosme, sua prima, Justina e um agregado José Dias. Sua mãe já tinha perdido um filho, e então fez uma promessa que se Deus lhe desse outro filho, ela faria com que o seu filho se tornasse um seminário. E então, aos 15 anos Betinho foi lembrado disso, enquanto ele se preparava para isso, sua amizade com sua vizinha, Capitu, foi se intensificando até que tornou o seu amor. 

Durante a história, Betinho e Capitu passavam um amor por barreiras, no qual temiam pela promessa, já que Bento teria que se torna um seminarista, e assim, não poderiam ficar juntos. Apesar do medo, ambos juraram que se casariam, e ao longo da história, Bento foi fazer o seminário e acabou conhecendo Escobar, no qual se tornou um grande amigo e além disso trocavam seus segredos e dividiam a vontade de não querer se tornar padre.

O livro é dividido em 5 partes, em cada uma delas é citado momentos importantes da vida de Bentinho, sendo, a promessa, o namoro, o seminário, o casamento e a separação. Em cada uma dessas partes, o legal é que colocaram uma frase de grandes autores como Shakespeare e Clarice Lispector, como reflexão, o que tornou o livro ainda bem legal e interessante.

As ilustrações são feitas em preto e branco, no qual nos permite se interessar cada vez mais pelo livro, já que, há uma grande expressão nos personagens tornando a história mais realista. Além disso, em algumas situações de dor e sofrimento, a cor preta se torna ainda mais predominante.

O livro é realmente muito bom e gostoso de ler, principalmente nessa versão mais adaptada,que faz com que nós voltamos a anos a atrás e imaginando aquela época, além de que é um livro muito reconhecido e clássico na literatura brasileira.

Botas de cano curto- Como usar!?

23 de maio de 2017

Que as botas de cano curto é tendencias vocês já sabem, afinal contei para vocês aqui no blog em um post de tendência outono 2017, mas apesar de as botas serem um arraso, as vezes é um pouco complicado montar um look que fica bonito e estiloso com ela então para facilitar a vida de vocês, eu trouxe um post com várias inspirações para utilizar essa bota! Vocês vão vê que da para usar bota com todos os tipos de roupa e arrasar! Meu amigo Pinterest me ajudou, e para ficar ainda mais fácil ainda dividi em categorias para você adaptar com o que você queira usar. Vamos vê?

O CLÁSSICO! 


Montar looks com botas e calça já é mais fácil, já que as botas super combinam com calças, o legal é que agora no outono que rola esse friozinho, as botas e as calças são super bem vindas, e da pra montar vários looks estilosos.

COM SHORT FICA UM AMOR!

Botas com short fica um amor! O legal é que da pra usar em várias épocas do ano, e quando estiver friozinho, você pode abusar da meia calça. A Ca, do blog Espertinhas arrasou no look que ela usou sábado, dia 06 de maio, no encontrinho que rolou aqui em BH, ela utilizou uma botinha de camurça maravilhosa vermelha, cropped e short preto, um arraso! Aliás se vocês quiserem saber um pouco do encontrinho ela fez um post contando tudinho no blog dela!

E QUEM DISSE QUE NÃO DA PRA USAR COM VESTIDO?

As botinhas também fica um arraso com vestidos! As vezes a gente tem mania de achar que sapatos fechados, como botas e tênis, não combina com vestidos e saias,  mas rola sim! E aliás se você saber montar fica lindo! Olha que amor o look que a Gi Ferrarezi usou, vestidinho estampado com botinha vinho! 

AS SAIAS TAMBÉM NÃO FICAM DE FORA!

E para fechar com chave de ouro, aproveitando que citei as saias acima não podemos esquecer elas. As botinha fica um amor e super estiloso! 

E então qual dos looks vocês mais gostaram? Conta pra mim aqui nos comentários!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Brenda Caroline - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Brenda Caroline.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo