26 de set de 2016

O que é Macumba?


Nos últimos meses planejei uma nova forma de publicações de post aqui no blog, pois na correria ficou mais difícil de criar conteúdos para vocês, e para não acontecer isso e organizar melhor esse espaço nosso, criei um cronograma mensal onde todo inicio do mês publicarei ele, caso você ainda não viu ele está posicionado na barra lateral no blog e fixado no inicio da fanpage.

 Aproveitando a explicação dessa nova organização, esse mês eu criei um cronograma diferente do mês passado, onde eu quis deixar o blog mais entretido e explicar e apresentar algumas coisas diferentes para vocês. No post de hoje eu vou falar o que na verdade é a macumba, pois além de me sentir incomodada com a utilização desse termo de forma inadequada, acho muito importante compartilharmos diversas culturas.

Sabe aquela ideia de que macumba é um ritual onde as pessoas tentam prejudicar as outras, esquece isso. A macumba nada mais é que um instrumental musical de percussão feito de uma antiga árvore chamada Macumba. 
Resultado de imagem para instrumento macumba




























(Imagem:Todos os direitos reservados)

A séculos atrás era considerado que macumbeiro era  aqueles que tocavam os instrumentos, principalmente os escravos que utilizavam os batuques para celebrar sua cultura e costumes.A ideia de que esse instrumento é visto como um tipo de manifestação feitos por pais de santo, feitiçaria, charlatões entre outras crenças, que também nada mais é que algo diferente do que estamos acostumado a ver, surgiu a partir das cerimônias de religiões afro-brasileiras, como Umbanda e Candomblé,  no qual tocavam os instrumentos e algumas religiões cristãs acreditavam que essas religiões estavam fazendo rituais em que "agrediam" as regras sagradas. A partir disso as pessoas passaram a acreditar que esses cultos estavam atribuindo coisas ruins para as pessoas.

Portanto, é possível entender sobre a intolerância desse termo "macumba" e compreender mais sobre a história . Espero que tenham compreendido e que possam repassar isso para as pessoas, para que assim quebramos esse tabu e que o instrumento seja reconhecido como deveria ser. 

19 de set de 2016

Geledé- O poder Feminino


(Imagem: Todos os direitos reservados)
Eu já contei aqui no blog que faço parte de um projeto artístico, e dentro desse projeto acontece algumas palestras no decorrer do ano, no qual conhecemos algumas culturas diferentes. No entanto, nos últimos dias, conheci uma cultura africana interessante no qual resolvi contar para vocês um pouquinho dela, em que presam o poder feminino.

Geledé, é originalmente da cultura Yorúba, que surgiu provavelmente ente o final do século XVIII á o início do século XIX. É  um evento cultural apresentado na Nigéria, Benin e Togo, que presam a importância da mulher diante a sociedade. Esse festival acontece anualmente, geralmente na época de seca, entre Março á Maio, no qual celebram "nossas mães".

Para eles, as mulheres possuem vários significados diferentes, como esposa, filha, deusa e principalmente mães, pois acreditam que as mães possuem poderes espirituais ou divinos.  Essa crença é também dita pelos Yorúbas como:

"Orixá igual a mãe não existe, vale apena cultuarmos nossa mãe."


(Imagem: Reprodução/ Todos os diretos reservados)

O festival anual, apresenta também máscaras no qual os homens usam elas e se vestem como mulheres, Cada máscara utilizada possui um significado diferente, por exemplo, á algumas que representam o rosto feminino com expressão de paciência e tranquilidade, já outras máscaras,como, uma que possui uma pássaro chocando ovos em cima de uma cabeça e ao mesmo tempo bicando o rosto dessa cabeça, representa que se o homem deixar os ovos caírem o pássaro bicara a cabeça dele, ou seja, se perderem a confiança com a mulher, haverá consequências.

Além da roupa típica utilizada nesse evento, á também muita dança e música, utilizando elementos da cultura Yorúba, sendo muita percussão e músicas. É acontecido também precedido de uma cerimonia chamada Efe.

16 de set de 2016

3 receitas de Donuts

Resultado de imagem para donuts
(Imagem:Todos os direitos reservados)

Se tem uma coisa que todo mundo gosta é comidinhas, e para não fugir desse hábito aqui no blog, hoje eu trouxe um post com 3 receitinhas bem legais de Donuts  para você fazerem em casa!  O legal é que você pode chamar os amigos para te ajudar a experimentar a receita nova e até mesmo usá-ló como item de decoração para as fotinhas!

Donuts com Nutella

Resultado de imagem para donuts com nutella
(Imagem:Todos os direitos reservados)

Outra coisa que muita gente gosta é Nutella e é claro que trouxe uma receitinha deliciosa de Donuts com Nutella! Já imaginou essas duas delicias juntas!?

Donust Homer Simpsons
Resultado de imagem para donuts homer simpsons receita
(Imagem:Todos os direitos reservados)

Como havia dito os Donuts podem virar itens de decoração, e quem ai nunca quis comer os Donuts que o Homer Simpsons aparece no desenho!? Imagina que legal além de saborear usá-ló nas fotos!? Então é claro que também trouxe a receita!

Donuts Veganos
Resultado de imagem para Donuts vegano
(Imagem:Todos os direitos reservados)

E para finalizar como aqui é um espaço para todos, trouxe uma receita de Donuts especial para os veganos. É um vídeo bem interativo é bem legal de assistir!

12 de set de 2016

Legalização do Aborto!



Para quem acompanha o blog sabe que apesar de que esse espaço é aberto para todos os temas e opiniões, um dos assuntos que eu mais abordo é sobre comportamento, principalmente por isso, porque dentro desse tema eu consigo falar sobre assuntos no qual é muito importante ser debatido, sendo eles problemas em que as pessoas tenham dúvidas e passam dificuldades, até mesmo artigos que devem ser conhecidos.

O assunto em que eu escolhi falar hoje, é algo polêmico, no caso aborto, no qual acredito que seja necessário desenvolver aqui para que todos possam compreender e criar suas opiniões e pontos de vista. Lembrando que tudo que eu escrevo sempre tem uma pesquisa desenvolvida antes de qualquer postagem, é claro que tem meu ponto de vista, afinal o blog se chama Brenda, mas a ideia não é que concordem ou sigam o que eu disser e sim criem suas próprias perspectiva.

(Antes de apresentar o tema, quero já avisar que já têm algumas postagens que envolve esse tema aqui no blog, para caso tenham curiosidade de ler, todas estão posicionadas na aba de comportamento que se encontra na barra lateral, nos marcadores e na barra principal de menu próximo ao cabeçalho.)

Nos últimos dias esse assunto começou a aparecer nas conversas do meu dia a dia e por ser um assunto bem delicado, me senti incomodada por muitas pessoas não respeitarem minha opinião sobre isso, então eu resolvi desenvolver um post bem aberto com alguns motivos que me fazem concordar com a legalização do aborto e explicar sobre tal questão.

Há um ano, participei de uma manifestação feminista que ocorreu em Belo Horizonte (Post sobre a manifestação!) , confesso que quando resolvi participar não sabia exatamente qual o principal foco da manifestação e esse foi um dos motivos para me fazer querer ir, além da vontade de fazer minha parte como mulher lutando pelos direitos que eu mereço ter. Nessa manifestação, percebi que o principal foco dela era a legalização do aborto, mas ainda não havia criado minha opinião sobre o assunto e ela me ajudou a conhecer mais esse lado.


Primeiramente, as mulheres brasileiras que têm uma gravidez inesperada e indesejada, muitas delas tentam abortar de forma clandestina, sendo que grande parte morrem ou geram sequelas que podem atrapalhar o sistema de reprodução. Se o aborto fosse legalizado isso não aconteceria, pois seria feito de forma mais segura. 

"Art. 124. Provocar aborto em si mesma ou consentir que outrem lho provoque:
Pena – detenção, de 1 (um a 3 (três) anos.
[...]125. Provocar aborto, sem consentimento da gestante:
Pena – reclusão, de 3 (três) a 10 (dez) anos.
Art. 126. Provocar aborto com consentimento da gestante:
Pena – reclusão, de 1 (um) a 4(quatro) anos.
[...]Art. 127. As penas cominadas nos dois artigos anteriores são aumentadas de um terço, se, em conseqüência do aborto ou dos meios empregados para provocá-lo, a gestante sofre lesão corporal de natureza grave; e são duplicadas, se, por qualquer dessas causas, lhe sobrevém à morte”

Em segundo lugar, ser punida por fazer algo no seu próprio corpo é algo intolerante. Sabe aquela velha história de que as mulheres já conquistaram espaço, já são consideradas livres, isso tudo é uma prova de que essa ideia está bem longe de sermos totalmente "livres", pois a partir do momento em que á uma lei que ainda "manda" no corpo feminino isso só mostra que ainda somos manipuladas pela sociedade.  

Muitas pessoas confundem que a legalização vai ser uma forma de incentivar o aborto, mas na verdade é uma forma de acabar com a manipulação contra a mulher, o alto índice de mulheres que sofrem e morrem com isso, entre outras diversas questões tais como:
  • Nenhuma pessoa deveria ser obrigada a fazer algo contra a vontade;
  • O métodos anticoncepcionais não são 100% seguros;
  • Muitas mulheres que tem gravidez indesejada, não possuem condições financeiras para criar uma criança;
  • Alto índice de gravidez precoce, tendo consequências futuras.
Os motivos que citei é só alguns deles á ainda outras diversas razões para legalizar. É muito importante que enxergam isso como uma questão de saúde que as mulheres deviam ter direito, afinal vivemos em uma falsa democracia em que isso também deveria ser levado mais em questão.

"A ditadura perfeita terá as aparências de uma democracia, uma prisão sem muros na qual os prisioneiros não sonharão sequer com a fuga. Um sistema de escravatura, os escravos terão amor a sua escravidão." 


10 de set de 2016

10 de setembro - Prevenção do suicídio!


Dia 10 de setembro é o dia mundial da prevenção do suicídio, apesar de que é um assunto que não é muito debatido na sociedade, é muito importante pautarmos para que haja o entendimento e que todos possam ajudar com a prevenção.Nos últimos 45 anos a taxa de suicídio cresceu 60% no mundo, a cada ano cerca de 1 milhão de pessoas tiram a própria vida, sendo grande parte os jovens.
"Quando uma pessoa pensa em suicídio, ela quer matar a dor, mas nunca a vida. -Augusto Cury"
Para muitas pessoas a vontade de tirar a vida, surgi como uma forma de solução de um sofrimento constante. Quando uma pessoa chega a um ponto de se sentir no limite devido a algo que o fez sentir incomodada, acabar com a vida é a única solução que parece funcionar, mas a verdade é que cometem isso não pensando necessariamente em deixar de viver, mas sim aliviar de uma dor.


Dentre os vários motivos que levam a pessoa a suicidar, alguns deles são:

  • Problemas psicológicos;
  • Doença terminal;
  • Depressão;
  • Problemas sociais;
  • Bullying;
  • Preconceito.
Conhecer alguns métodos que fazem as pessoas cometerem o suicídio é uma das formas de se alertar, para que consiga identificar e ajudar alguém que passa por essa situação. Entender os motivos das pessoas é um dos primeiros passos para que possa ajudar, pois se julgar, isso vai se tornar um outro motivo para o indivíduo que está preste a cometer isso, tirar a própria vida. 

Desenvolver outras soluções que possam ajudar a pessoa a se distanciar dessa ideia é uma outra forma de prevenir o suicídio, desenvolvendo também formas de relaxamento durante o conidiano.
Dentre esses fatores, tente fazer com que a pessoa vá um profissional que entenda sobre o assunto para que seja resolvido.

Como eu citei acima, um dos motivos é que gera o suicídio é bullying e para a postagem ficar mais interessante e entretida, eu trouxe um trailler de um filme que assisti recentemente, que fala sobre uma adolescente que cometeu suicídio devido um constate bullying que ela sofria. O filme é todo legendado e ele é mais ou menos um filme/documentário. Vale apena assistir!

Resultado de imagem para i girl like you filme
Título:I Girl Like Her
Gênero: Drama
Disponível: NetFlix, Filme Online Grátis
Sinopse: Aos 16 anos, Jessica Burns guarda um segredo. A única pessoa que o conhece é seu melhor amigo, Brian Slater. Durante o ano, ela tem sofrido com as maldades da sua ex-melhor amiga, Avery Keller, uma das alunas mais bonitas e populares da escola. O que se pode fazer quando o mundo vê a imagem de uma pessoa que não corresponde a realidade? Com a ajuda de Brian e uma câmera, as imagens das maldades de Avery são filmadas e finalmente mostradas a todos, fazendo com que as duas garotas e suas famílias tenham que encarar a verdade.




LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Brenda Caroline - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Brenda Caroline.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo