Você era a última pessoa que imaginei me deixar

17 de agosto de 2017

Ensaio Temático: Circo
(Imagem/Reprodução. Todos os direitos reservados)

É tão incrível como as coisas passam tão depressa. Quando você conhece uma menina na fila do supermercado, começa a conversar como se já se conhecessem, ficam tão próximas até virar melhores amigas, vivem momentos inesquecíveis, têm histórias que vocês querem guardar para contar para os seus filhos e netos, e depois de um tempo, você para e olha aquela foto que tiraram no parque de diversão. Ah aquele dia foi tão incrível não foi? Mas ela não está mais aqui, não é mesmo? Vocês não são mais amigas. Por circunstâncias da vida. Mal mal falam um oi uma para outra ou pergunta só para saber como está. Que orgulho. A gente nunca imagina um fim para as coisas.

Engraçado né? Quando eu ando pelo pátio da escola e esbarro com aqueles amigos que eram o meu grupinho. -Opa, desculpa. São as únicas palavras que a gente consegue trocar. Como se nunca tivéssemos no conhecido. Como se não tivéssemos sido amigos.

É inacreditável como eu chorava há dois anos porque aquele meu amigo, me deixou. E hoje eu nem se quer consigo lembrar da voz dele, do abraço dele, do carinho que a gente trocava. E isso acontece tantas e tantas vezes e parece que eu nunca aprendo. Que todo mundo vai ir embora. E a gente precisa aprender a lidar com isso e se adaptar com isso. Ao invés de ficar chorando e se lamentando por mais alguém que se foi.

Há pouco tempo eu conheci uma pessoa muito especial. Que eu queria guardar em uma caixinha que fica em cima da minha escrivaninha, e nunca mais deixar ir embora.  Eu lembro como se fosse hoje, que nos primeiros dias que começamos a conversar, ele me disse que não se afastaria de mim e que tentaria manter o máximo possível pra gente continuar amigos. De manhã cedo, a gente marcou de se vê, e começamos jogar conversa foro sobre a gente no futuro. E de noite, ele me deixou uma mensagem de texto falando que não queria mais eu na sua vida. E o que a gente faz?


É tão estranho acordar e não ter mais mensagem, não ter mais aquela pessoa ali, simplesmente sumir das suas redes sociais, de todos os lugares, como se nunca tivesse existido. Como se nunca tivéssemos nos conhecidos. E a única coisa que te pedem para fazer, é para você aprender a se adaptar com isso. Te pedem para esquecer, mas esquecem que isso só é possível se a gente bater a cabeça e esquecer a memória. Ou talvez ter Alzheimer. Eu não sei lidar com isso. Eu não sou obrigada a ter que lidar com isso. Mas se pudesse escolher alguma coisa e pudesse pedir para qualquer pessoa. Por favor, não entra na minha vida se não tem intenção de ficar. Ou falar coisas que não vai cumprir. 

Resenha: As vantagens de ser invisível

16 de agosto de 2017


Autor: Stephen Chbosky
Titulo: As Vantagens De Ser Invisível
Editora: ROCCO Jovens Leitores
Número de páginas: 223
Sinopse: "Mais intimas do que um diário, as cartas de Charlie são estranhas e únicas, hilárias e devastadoras. Não se sabe onde ele mora. Não se sabe para quem ele escreve. Tudo o que se conhece é o mundo que ele compartilha com o leitor. Estar encurralado entre o desejo de viver sua vida e fugir dela o coloca num novo caminho através de um território inexplorado. Um mundo de primeiros encontros amorosos, dramas familiares e novos amigos. Um mundo de sexo, drogas e rock’n’roll, quando o que todo mundo quer é aquela musica certa que provoca o impulso perfeito para se sentir infinito."





Não tem como começar essa resenha sem dizer que esse é o meu bebê gente! Como todo bom leitor, eu não consigo e provavelmente nunca irei conseguir escolher o meu livro preferido. Mas As Vantagens de Ser Invisível, com certeza mexeu comigo!


“Eu me sinto infinito”

O livro conta a historia de um garoto de 15 anos, que acaba de entrar para o ensino médio, e como todo adolescente tem grandes dificuldades para se adaptar. Mas Charlie é diferente. Desde o início ele se mostra um garoto tímido, confuso e esquisito. Charlie resolve então, que assim que pisar na escola, ira visualizar como será ate o último dia do curso!

Infelizmente eu contei, e isso dá... 1385 dias

Seu primeiro dia de aula no colégio é péssimo, por ser calouro sofre trotes dos veteranos, e se vê completamente sozinho quando a única menina (Susan) que conversava com ele no ensino fundamental, agora finge não o conhecer. Mas ele percebe que nem tudo esta perdido, quando um veterano (ao invés de um calouro) resolve tirar sarro do professor no meio da aula. Charlie o acha engraçado. Mais tarde, toda a escola estava reunida para assistir ao jogo de futebol americano, quando Charlie encontra o veterano citado a cima, torcendo euforicamente na arquibancada, decide falar com ele. E é assim que conhece Patrick, que futuramente se tornaria seu melhor amigo..Nesse mesmo momento, Charlie conhece Sam, irmã de Patrick, e de cara, se apaixona por ela! Durante a trama os três se aproximam cada vez mais, ate que Sam e Patrick descobrem que alem do jeito meio esquisito, Charlie tem traumas que vez ou outra resultam em surtos. Os irmãos apresentam seus amigos para Charlie, e juntos formam uma grande família.

Tenho certeza que assim como eu, você irá devorar esse livro. Durante a história entendera o porquê de Charlie ser tão confuso, e o que sua família tem a ver com isso! Ele fará com que você se envolva e se apaixone a cada pagina. 

O livro tem uma escrita maravilhosa, de fácil compreensão. E o mais incrível, não é dividido em capítulos ou partes, isso porque a historia é contada pelo próprio Charlie a um leitor desconhecido, por cartas. Cada vez que algo novo acontece, Charlie escreve e envia ao leitor.

Você vai sorrir, chorar, se emocionar...

“Vem... vamos ser desajustados juntos!”

Uma ótima noticia para as pessoas que já leram e se apaixonaram pela história, é que já temos um filme \o/ e esse é um dos únicos filmes que conseguiram fazer jus ao livro! Sem dizer que a trilha sonora é simplesmente maravilhosa...

Vou deixar aqui, as minhas preferidas:

                      ŸHeroes- David Bowie
                      ŸAsleep- The Smiths
                      Ÿ Midnigth Runners Come On Eileen- DEXYS

E se você ainda não leu, eu super recomendo! Com toda certeza você não vai se arrepender!

Não se esqueça de comentar aqui embaixo o que achou do livro, do filme e da resenha! Quais os pontos que mais te chamaram atenção, ou qual livro você esta lendo no momento. E claro, qual livro você quer ver resenhado aqui no blog!

E que a força esteja com vocês.

Escritores Nacionais: Cansativo

15 de agosto de 2017

(Reprodução/ Sabrina)

Mais um dia de escritores nacionais aqui no blog! Eu adoro conhecer o trabalho das pessoas e publicar textos aqui, e dessa vez eu trouxe mais uma vez um post da Sah. Para quem não conhece eu falei um pouquinho dela no último post, então vocês podem conferir. Então vamos ao texto! 

"É cansativo querer ser o orgulho dá família, mas não ganhar elogios. É cansativo se importar tanto com uma coisa, mas não ser retribuída com a mesma importância. É cansativo fazer tudo certo e ninguém enxergar, enquanto fazemos algo errado e todos comentar. É cansativo ser simpática, com quem te olha com nojo. É cansativo chorar escondida, para não preocupar ninguém. É cansativo poupar alguém, de algo que não deveria ser poupado. É cansativo abaixar a cabeça, e ninguém se importar. É cansativo segurar o turbilhão de sentimentos ruins só pra mim, quando eu devia explodir para o mundo. 

É cansativo viver para agradar os outros, enquanto se leva punhaladas pelas costas. É cansativo ter tanta coisa pra fazer, e no fim não conseguir realizar nenhuma. É cansativo ficar deitada, quando eu deveria viver minha vida. É cansativo ter que lidar com a distância, quando eu realmente não queria. É cansativo quando da tudo de errado na sua vida, mas você tem que fingir que está tudo bem. É cansativo ser dependente, quando eu poderia ser independente.  É cansativo viver presa, quando eu devia me profissionalizar em algo. É cansativo se sentir sozinha quando existe várias pessoas ao redor.

É cansativo estar decidida do que fazer, e as pessoas falarem que você não consegue. É cansativo ser a errada, mesmo quando estou certa. É cansativo sorrir sempre para não demonstrar tristeza. É cansativo estar perto de alguém, que realmente não te queria por perto. É cansativo ser excluída do grupinho que costumava ser o seu. É cansativo esconder ser quem eu realmente sou, e mesmo assim ser julgada por quem pareço ser. É cansativo..."

3 canais que você precisa conhecer

14 de agosto de 2017

(Imagem/Reprodução:GuilhermePintto)

Se tem uma coisa que grande parte da galera gosta é acompanhar canais no youtube, o legal é que você acha canais de todos os assuntos, dessa forma da pra todo mundo se identificar e muitas vezes aprender coisas bem legais. Bom, como existe momentos para tudo, dessa vez os meus gostos para canais no youtube mudaram totalmente, agora eu gosto de acompanhar canais de entretenimento, comportamento, assuntos sociais, e por ai vai. Então hoje eu vim dividir com vocês 3 canais maravilhosos que ando acompanhando e que vocês precisam conhecer!


O Guilherme tem um canal muito legal, no qual ele fala de vários assuntos a maioria das vezes sobre relacionamentos, que é um assunto que geral se identifica. E o banaca é que ele aborda os assuntos de uma forma bem descontraída então, fica bem legal para acompanha!


A Ello, com certeza é minha youtuber preferida do momento. Ela aborda sobre vários assuntos sociais, e sempre quebrando tabus, o que é maravilhoso. ela fala sobre homossexualismo, religião, o empoderamento da mulher, sexo, e por ai vai! Vocês precisam conhecer! 



Ah a Dora! A Dora eu conheci justamento no canal da Ellora e ela fala de assuntos muito legais! Sendo eles sexo e relacionamentos. Ela fala sobre esses assuntos de uma forma tão aberta e normal, e é exatamente isso, é algo normal, mas que as pessoas tem uma certa dificuldade de abordar sobre isso, mas no canal dela, não tem disso, além de que ela fala sobre várias curiosidade e duvidas!


Look do dia: Jeans!!

11 de agosto de 2017


Olá meus amores! Ah que saudade que eu estava de fazer look do dia aqui para vocês, mas é porque esse tipo de post é um pouco mais complicado, porque eu preciso fazer as fotos do look e pra isso eu sempre vou precisar da ajuda de alguém. Mas nos últimos dias eu tive várias oportunidades aqui no blog, inclusive a que agora eu tenho 3 pessoas trabalhando junto comigo aqui no BC. 

A Lilia, que é uma fofa, apaixonada por livros que vai está sempre contando para vocês sobre os livros que ela lê. O Daniel, que tem um blog de moda/beleza, que também vai está contando para vocês as novidades e por fim, o Fabrício, que é meu fotógrafo, que vai está me ajudando tirar fotos legais para vocês, então vocês vão começar a voltar a vê mais post de look do dia! Uhul!


No look dessa vez eu usei essa calça jeans rasgada da Patogê, uma blusa regata com estampa da Jack Daniels, uma sapatilha da moleca e alguns acessórios. Eu quis optar por um look mais básico, mas que de alguma forma ficasse com uma pegada estilosa. 

E é claro, da uma ousada com essa blusa mais curta! Haha





E então o que vocês acharam? As fotos ficaram lindas né? Entrem no instagram do Fabrício para conhecer um pouco mais do trabalho dele. E não se esqueçam de deixar nos comentários as opiniões de vocês! 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Brenda Caroline - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Brenda Caroline.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo