26 de nov de 2016

"Vagão Rosa?" Isso não é solução!


Na segunda-feira (21/11) começou a funcionar o "vagão rosa" segundo a aprovação do projeto de lei 893/2013,  que constitui que nos período de 6h30 ás 8h30 e 17h ás 19h de segunda a sexta, exceto os feriados, o segundo vagão será apenas para mulheres.  Essa lei foi criada para que devido a superlotação nesse horário as mulheres não tenham constrangimento,ou seja, qualquer tipo de assédio.

Apesar de isso ser algo "beneficente" ás mulheres, é um método que discordo e que na verdade me deixou revoltada sobre a questão, pelo fato no qual as pessoas enxergam de como deveria diminuir o assédio, entre outros motivos que vou citar. Dessa forma, no post de hoje eu resolvi pautar um pouco sobre essa questão.

Bom, primeiramente gostaria de tentar interpretar e entender o real motivo da lei antes de se impor contra ela. Pois bem, a lei determina que nos horário de "pico" , o segundo vagão será exclusivo para as mulheres. Será que apenas nesses horários que acontece assédio? Entendo que nesses horários por ser o momento em que as pessoas vão e voltam da escola e trabalho, é normal que o transporte público seja mais utilizado, e por ter muitas pessoas usando nesse momento acredito que tenha uma maior frequência de desrespeito á mulher. Mas isso não justifica que é apenas nesse horário que acontece o assédio, sendo assim, criar um projeto que funciona só em determinado tempo do dia, não é criar, e sim fazer algo pela metade.

Em  segundo lugar, o projeto não encara a violência, simplesmente "cria" uma determinada lei, em um certo local, onde na teoria, não podemos ser abusadas no metrô, mas em outros locais vai continuar a mesma coisa,  isso torna um projeto sem eficiência, mais uma vez pela metade.

Em terceiro lugar, nunca fui a favor aos gêneros por ser um sistema que determina como devemos nos comportar, agir, vestir... e impõem essa divisão de sexos, formando um sistema opressor, colocando os homens acima das mulheres. Dessa forma, a aprovação dessa lei ao invés de ser algo beneficente, influencia isso, pois isolam as mulheres dos homens e não é desse forma que vai resolver a situação, muito pelo contrário. Não é nós, vítimas de assédio que temos que "esconder" do homem e sim eles que tem que aprender aceitar a igualdade entre gêneros. 

Em quarto lugar,  por quê "vagão rosa"?  Você já parou para pensar por quê rosa? Por que as pessoas definem rosa como algo feminino e azul como masculino?  A cor rosa é utilizada par atribuir fragilidade e feminilidade, onde mais uma vez destacamos a divisão de gêneros, além de que, quem é que disse que as mulheres são frágeis e que todas nós devemos ser "femininas"?

No quinto lugar, apresento que a CBTU (Companhia brasileira de trens urbanos) constatou que os vereadores de Belo Horizonte não procurou a empresa para pautar sobre a aprovação da lei, já que querendo ou não, essa lei é utilizada dentro de um patrimônio que deveria ter sido consultado. A companhia de trens, afirma que 49,8% dos passageiros são mulheres, ou seja, apenas um vagão é insuficiente para atender a demanda. Mais uma vez torno a falar que é um serviço pela metade.

Em sexto lugar, quem garante que essa lei realmente vai ser cumprida? afinal, vivemos em uma sociedade em que existe diversas leis, mas não existe porte que realmente cumpra conforme descrito. Sou a prova de que isso realmente não é 100% cumprido, pois todos os dias pego metro e mesmo utilizando o segundo vagão, há homens. 

Pois bem, acima destaquei alguns dos motivos no qual me fazem não concordar com o projeto "vagão rosa", para que o assédio e a descriminação á mulher diminua, é necessário projetos sociais que ajudam a conscientizar mais as pessoas sobre o que está acontecendo, aumente a segurança, por exemplo, guardas dentro de transportes públicos, abolição do gênero, entre outros motivos e não uma lei no qual não é decido apenas entre os vereadores ao invés de pelo menos uma vez consultarem a população, principalmente as mulheres, afinal é algo nosso.


13 de nov de 2016

Ideias para ajudar no estudo


Resultado de imagem para study tumblr(Imagem: Direitos reservados)

Já está no final do ano e inicia o ultimo período estudantil, fase em que muitas pessoas que não estudaram durante o ano começam  a ficar preocupadas quanto a isso. Se você está com um pouco de dificuldade em passar de ano, fique tranquilo. Hoje eu trouxe algumas dicas que vão te ajudar a passar, que são as táticas que usei durante o meu ano e com elas consegui passar em todas as matérias antes mesmo do ultimo período.

Resultado de imagem para gif escola tumblr

Antes de começar a citar as coisas que eu usei, o principal de tudo é você ter força de vontade. Não adianta mentir para si mesmo, fingir que está correndo atrás de tal meta, não necessariamente essa, e fazer só aquilo que te da menos preguiça. Uma das formas que me ajudou a fazer as coisas diferentes, foi buscando alternativas dentro dos deveres que deveria seguir, que me fizesse gostar daquilo. Por exemplo, sou apaixonada por itens de papelaria e deixar o caderno bem decorado, passar a comprar mais itens e fazer isso durante as atividades me motiva a conclui-las.  


(Gif: Direitos reservados)
  • Copiar as atividades dos amigos, ler dois parágrafos na hora da prova e dormir na hora das explicações não vão ajudar. Algumas pessoas até conseguem passar de ano dessa forma, porém depois você vai precisar saber do conteúdo que "estudou" durante todo esses anos e isso pode virar uma complicação futuramente. Confesso que há alguns anos fiz isso, mas depois que comecei experimentar as coisas de outra forma, percebi que foi muito mais produtivo e passei a gostar de algumas matérias;
  • A principal forma de ter boas notas é acompanhar explicações, não tem como fugir. Quando você presta atenção em pelo menos uma aula de cada matéria, você passa a entender sobre o assunto. Uma das coisas que me fizeram conseguir entender melhor, foi interagindo, isso torna menos tedioso;
  • Ter um caderno de anotações é essencial, nele você pode anotar os pontos importantes durante a explicação ou até mesmo algumas informações extras e utilizar na hora de estudar para uma prova;
  • Quando eu vou estudar para uma prova, costumo estudar um dia antes, descansar pro outro dia e antes da prova, por exemplo, cinco minutos antes, passo o olho sobre minhas anotações para relembrar. Já é costume os professores sempre passarem os conteúdos que vão cair nas provas, então leia eles, grifando e anotando os principais pontos. A escrita ajuda você a lembrar mais ainda aquilo que está estudando;
  •  Concluir todas as atividades, sendo em sala ou trabalhos extras ajuda a você conseguir metade dos pontos da etapa e estudar melhor para as provas. Então sempre faça todas as atividades bem feito; 
  • O professores também ajudam. Aproximar deles interagindo, faz você mostrar que realmente está dedicado e caso você precise de alguns pontos eles podem te ajudar.
As dicas estão dadas, agora é vocês cruzarem os dedos e fazer disso um hábito, boa sorte!

2 de nov de 2016

Plantas no quarto




(Imagem:We Heart It)

Ah que saudade que estava de criar conteúdo para vocês! Andei sumida por um tempo, devido a correria, mas estou de volta! Não sei por quanto tempo vou conseguir preparar conteúdo para vocês, mas prometo resolver isso e criar um novo cronograma mensal.

Agora chega de explicações e vamos ao que interessa! Nos últimos dias fiz algumas mudanças no meu quarto ( tem room tour no instagram), e durante essas mudanças eu comprei uma plantinha pra deixa no meu quarto já que amo tanto plantas. Então no post de hoje trouxe algumas referências legais para vocês utilizarem no quarto! 






































Para ter uma planta dento do quarto é legal conhecer alguns conceitos. Confesso que quando comprei Jucelina ( apelido carinhoso que dei a minha planta) não me preocupei muito com isso, mas ter uma planta dentro do quarto, algumas podem ser beneficentes e outras não. A Jasmim, Babosa e a Lavanda, por exemplo, são plantas favoráveis para o uso dentro do ambiente, pois ajudam a ter um melhor sono entre outras qualidades especificas que cada uma têm.














Além dos cuidados com o tipo de planta que devemos colocar no quarto, é muito importante pesquisarmos também sobre a condição de cada uma. Cada planta possui uma forma especifica de cuidados, então, procurar saber a espécie da que você colocou pode ajudar a ter um melhor cuidado com ela. Algumas plantas necessitam de raios solares e não podem ficar em ambientes muito fechados, então é necessário compreender a espécia delas.

Bem, agora que vocês já sabem as dicas é abusarem nas plantinhas, e não esqueçam de me contar! 

26 de set de 2016

O que é Macumba?


Nos últimos meses planejei uma nova forma de publicações de post aqui no blog, pois na correria ficou mais difícil de criar conteúdos para vocês, e para não acontecer isso e organizar melhor esse espaço nosso, criei um cronograma mensal onde todo inicio do mês publicarei ele, caso você ainda não viu ele está posicionado na barra lateral no blog e fixado no inicio da fanpage.

 Aproveitando a explicação dessa nova organização, esse mês eu criei um cronograma diferente do mês passado, onde eu quis deixar o blog mais entretido e explicar e apresentar algumas coisas diferentes para vocês. No post de hoje eu vou falar o que na verdade é a macumba, pois além de me sentir incomodada com a utilização desse termo de forma inadequada, acho muito importante compartilharmos diversas culturas.

Sabe aquela ideia de que macumba é um ritual onde as pessoas tentam prejudicar as outras, esquece isso. A macumba nada mais é que um instrumental musical de percussão feito de uma antiga árvore chamada Macumba. 
Resultado de imagem para instrumento macumba




























(Imagem:Todos os direitos reservados)

A séculos atrás era considerado que macumbeiro era  aqueles que tocavam os instrumentos, principalmente os escravos que utilizavam os batuques para celebrar sua cultura e costumes.A ideia de que esse instrumento é visto como um tipo de manifestação feitos por pais de santo, feitiçaria, charlatões entre outras crenças, que também nada mais é que algo diferente do que estamos acostumado a ver, surgiu a partir das cerimônias de religiões afro-brasileiras, como Umbanda e Candomblé,  no qual tocavam os instrumentos e algumas religiões cristãs acreditavam que essas religiões estavam fazendo rituais em que "agrediam" as regras sagradas. A partir disso as pessoas passaram a acreditar que esses cultos estavam atribuindo coisas ruins para as pessoas.

Portanto, é possível entender sobre a intolerância desse termo "macumba" e compreender mais sobre a história . Espero que tenham compreendido e que possam repassar isso para as pessoas, para que assim quebramos esse tabu e que o instrumento seja reconhecido como deveria ser. 

19 de set de 2016

Geledé- O poder Feminino


(Imagem: Todos os direitos reservados)
Eu já contei aqui no blog que faço parte de um projeto artístico, e dentro desse projeto acontece algumas palestras no decorrer do ano, no qual conhecemos algumas culturas diferentes. No entanto, nos últimos dias, conheci uma cultura africana interessante no qual resolvi contar para vocês um pouquinho dela, em que presam o poder feminino.

Geledé, é originalmente da cultura Yorúba, que surgiu provavelmente ente o final do século XVIII á o início do século XIX. É  um evento cultural apresentado na Nigéria, Benin e Togo, que presam a importância da mulher diante a sociedade. Esse festival acontece anualmente, geralmente na época de seca, entre Março á Maio, no qual celebram "nossas mães".

Para eles, as mulheres possuem vários significados diferentes, como esposa, filha, deusa e principalmente mães, pois acreditam que as mães possuem poderes espirituais ou divinos.  Essa crença é também dita pelos Yorúbas como:

"Orixá igual a mãe não existe, vale apena cultuarmos nossa mãe."


(Imagem: Reprodução/ Todos os diretos reservados)

O festival anual, apresenta também máscaras no qual os homens usam elas e se vestem como mulheres, Cada máscara utilizada possui um significado diferente, por exemplo, á algumas que representam o rosto feminino com expressão de paciência e tranquilidade, já outras máscaras,como, uma que possui uma pássaro chocando ovos em cima de uma cabeça e ao mesmo tempo bicando o rosto dessa cabeça, representa que se o homem deixar os ovos caírem o pássaro bicara a cabeça dele, ou seja, se perderem a confiança com a mulher, haverá consequências.

Além da roupa típica utilizada nesse evento, á também muita dança e música, utilizando elementos da cultura Yorúba, sendo muita percussão e músicas. É acontecido também precedido de uma cerimonia chamada Efe.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Brenda Caroline - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Brenda Caroline.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo